Política

Acompanhe ao vivo: governo anuncia ações de combate ao coronavírus

0


Representantes do governo participam de coletiva de imprensa no Palácio do Planalto para falar sobre medidas de enfrentamento ao coronavírus.

Acompanhe ao vivo

 

Em reunião extraordinária realizada hoje (6), em Brasília, o Conselho Monetário Nacional (CMN) instituiu linhas de crédito especiais com recursos dos fundos constitucionais de Financiamento do Norte (FNO), do Nordeste (FNE) e do Centro-Oeste (FCO). 

As linhas são destinadas a atender aos setores produtivos industrial, comercial e de serviços dos municípios em estado de calamidade pública, em decorrência da pandemia da covid-19.

Segundo o Ministério da Economia, a resolução do CMN estabelece linhas de crédito especiais destinadas às atividades produtivas de pessoas físicas e pessoas jurídicas, incluindo cooperativas que desenvolvam atividades produtivas não rurais, especialmente aquelas vinculadas aos setores de empreendimentos comerciais e de serviços.

 

O programa de financiamento da folha de pagamento para pequenas e médias empresas foi regulamentado hoje (6) pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), em reunião extraordinária. Com isso, as empresas já podem pedir o empréstimo aos bancos.

Cerca de 1,4 milhão de pequenas e médias empresas, que empregam 12,2 milhões de trabalhadores que ganham até dois salários mínimos, receberão R$ 40 bilhões de crédito com juros baixos para manter a folha de pagamento por dois meses.

O limite de financiamento é de dois salários mínimos. Ou seja, se o trabalhador ganha mais de dois salários mínimos, a empresa terá de complementar o salário. Ao contratar o crédito, a empresa assume o compromisso de não demitir o funcionário nesse período de dois meses.



Fonte

Premiê britânico Boris Johnson é internado em UTI devido à covid-19

Previous article

Prefeitura de SP interdita 46 comércios por descumprirem quarentena

Next article

You may also like

Comments

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in Política